7 dicas de como definir o mix de produtos da sua empresa

 

7 dicas de como definir o mix de produtos da sua empresa

Seja mais esperto que a raposa, faça a venda acontecer!

- tempo de leitura 8 minutos.

Em geral os produtos que estão em seu estoque para serem comprados por seus clientes, não são seus, são suas dívidas, é uma promessa de pagamento, eles fazem parte de um acordo, são emprestimos que sua empresa tomou de seus fornecedores, a idéia principal é que este emprestimo seja pago com a venda de cada um desses produtos, e não com o comprometimento do seu "lucro" das vendas de outros produtos, mais rentáveis.Quais produtos vendem mais? quais produtos não vendem? O que fazer com essa informação?

Quer saber mais, leia nosso blog, e adquira estes conhecimentos.

Hoje vamos falar do MIX DE PRODUTOS em sua loja, quanta riqueza está parada em suas prateleiras? 

Usado para indicar a variedade de artigos oferecida por uma empresa no mercado, o mix de produtos nada mais é do que os diversos itens disponibilizados por um negócio, sejam eles serviços, sejam eles produtos, destinados a atingir clientes diferentes ou a alcançar uma fatia maior do setor.

Definir um mix de forma correta pode não ser tarefa fácil, mas investir em uma maior diversificação de produtos é algo muito importante em qualquer negócio, pois, apenas assim, é possível fazer com que novos clientes cheguem até você e fortalecer outros aspectos decisivos, como o número de vendas e o controle de estoque.

Que tal colocar o mix de produtos em prática em sua empresa e aproveitar todas as vantagens que ele tem a oferecer? Acompanhe este post até o fim e confira 7 dicas de como defini-lo de forma eficiente!

1. Pense na experiência do cliente

O primeiro passo nessa jornada é estar atento ao que o seu cliente deseja e, claro, ao que ele precisa. Você já deve ter percebido que as pessoas estão cada vez mais informadas e exigentes, certo? Portanto, é essencial saber quais são as suas necessidades e como seu mix de produtos irá ajudá-las.

Lembre-se: se os produtos são a estrela da sua loja, os clientes devem ser o foco de qualquer ação de marketing! Você só poderá elaborar uma estratégia de sucesso quando descobrir determinadas questões, como se os consumidores realmente precisam dos itens que você está oferecendo e se o seu preço está condizendo com o que eles podem arcar.

2. Pesquise o que seus concorrentes estão fazendo

Observar quais são os produtos dos seus concorrentes, assim como as suas estratégias, também é muito importante para que você entenda o que precisa ser melhorado em seu negócio.

A ideia, aqui, não é copiar, mas, sim, treinar o seu olhar crítico e perceber oportunidades de melhoria, já que todos estão disputando o mesmo espaço, e só quem oferecer os melhores produtos terá chances maiores de atrair os clientes.

Por isso, verifique os preços praticados pelos concorrentes e os tipos de itens que fazem parte de seu mix de produtos, assim como as embalagens e a disposição delas nos pontos de venda. Dessa forma, você poderá descobrir como a sua empresa pode melhorar.

3. Conheça o seu negócio

Não dá para falar em mix de produtos sem conhecer o seu negócio a fundo, não é mesmo? Por isso, é fundamental conhecer bem todas as características de sua empresa, assim como o cenário em que ela está inserida.

Entre os pontos que devem ser observados, estão os tipos de produtos e serviços oferecidos, a região de atuação, o tamanho do negócio, o ramo de atividade e se é realmente viável fazer um investimento alto para desenvolver novos itens.

Imagine alguém que conheça pouco ou quase nada de sua própria empresa e que decida investir em uma nova variedade de produtos. A probabilidade de dar errado é bem alta, não é mesmo? Isso porque não adianta expandir o negócio se não há qualquer familiaridade com o serviço.

4. Analise os dados minuciosamente

Outra dica muito importante é fazer uma análise detalhada de todos os dados e das informações de seu mix de produtos, o que possibilitará a geração de relatórios completos, capazes de revelar os diversos cenários do negócio.

É por meio dessa análise que você descobrirá quais itens têm giro baixo e quais têm mais saída, assim como identificará os motivos para um aumento ou uma diminuição de vendas, por exemplo. Com essas informações em mãos, não se esqueça de estudá-las periodicamente e ajustar suas estratégias de acordo com o comportamento do mercado.

5. Aumente o seu campo de visão

Essa etapa deve ser colocada em prática quando você estiver trabalhando em sua nova variedade de itens. Quais necessidades um mix de produtos ampliado suprirá? Ele fará a diferença na vida de seu público-alvo?

Para responder a essas questões e a muitas outras, como se existe uma demanda para os produtos que você deseja implantar e quais são os preços mais adequados, é importante incitar discussões construtivas entre os membros de sua equipe e fazer brainstormings.

Aumentando o seu campo de visão, é possível descobrir o que você realmente espera com o lançamento de artigos e encontrar soluções rentáveis, completas e concretas. 

6. Não ignore o seu histórico de vendas

Não basta apenas lançar itens e esperar que todos eles façam sucesso — é muito importante aprender com o passado de sua empresa! Sendo assim, olhe para trás e veja quais produtos venderam mais e quais tinham um custo de aquisição menor do que os lucros gerados.

Além de investir em artigos de maior custo-benefício, é ideal deixar de lado os que não tiveram uma boa performance nas vendas. Afinal, um mix de produtos que tenha itens com desempenho negativo pode trazer mais desvantagens do que vantagens para a sua empresa. Sendo assim, olhe para o seu histórico de vendas e analise-o com atenção.

7. Faça uma análise dos resultados dos produtos oferecidos

Após colocar todas as estratégias acima em prática, é hora de se certificar de que estão gerando os resultados esperados. Para isso, defina um período de avaliação específico e busque ferramentas e metodologias que poderão contribuir para a realização dessa análise.

Essa etapa ajudará você a conhecer bem o seu mix de produtos e a entender qual é a sua situação no mercado. Se algo não está indo bem, procure otimizar seus serviços e aperfeiçoe as estratégias para alcançar resultados cada vez melhores.

Colocando todas as dicas que viu até aqui em prática, você conseguirá montar um mix de produtos eficiente e garantirá uma maior expansão de sua empresa no mercado, além de aumentar as suas chances de conseguir novos clientes. Afinal, a comercialização de produtos variados contribui para que diferentes segmentos sejam alcançados e é peça-chave para ampliar a sua marca, chegando até um número maior de pessoas.

Gostou deste post? Quer conferir outras dicas bastante úteis na hora de fazer a gestão de seu negócio? Então, continue a sua visita ao nosso blog e descubra qual é a importância da gestão de estoque para uma empresa!

compartilhe

Outras notícias

(19) 3876.5517
(19) 3886.1369
Siga-nos
© Natural Home Care - Todos os direitos reservados.